Brasília, 18/12/2011 – A Escola Superior de Advocacia (ESA) concluiu o primeiro curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Eleitoral, na segunda-feira (17). A turma, com 58 alunos, recebeu certificado de conclusão em solenidade que contou com a presença do presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, do vice-presidente Emens Pereira e do secretário-geral Lincoln de Oliveira.

Caputo parabenizou os formandos e elogiou o trabalho realizado pelo coordenador do curso, Manoel Carlos. “Esta solenidade finaliza o ano com chave de ouro. Tivemos inúmeros momentos marcantes, a começar pela belíssima aula magna proferida pelo ministro Ricardo Lewandowski. Desejo muito sucesso aos agora especialistas e agradeço a dedicação de todos e o esforço para que esse curso fosse realizado com excelência”.

O coordenador Manoel Carlos de Almeida Neto afirmou estar emocionado com o encerramento do curso. Segundo ele, o objetivo foi formar um seleto time de especialistas que entenda, domine e aperfeiçoe o Direito Eleitoral da forma mais técnica e objetiva possível. “Tivemos a enorme satisfação de contar com um quadro docente de alta qualidade, formado por notáveis juristas e professores dedicados. Fiquei encantado com a atenção oferecida pela Seccional. Hoje formamos 58 especialistas, que farão diferença no mercado”.

Marcus Palomo, diretor da ESA/DF, cumprimentou os formandos e agradeceu o presidente da Seccional pela oportunidade de realizar o curso. “Eu não poderia deixar de agradecer publicamente todo o apoio e o incentivo que a ESA recebeu da diretoria da Ordem. Esse apoio fez com que os nossos cursos alcançassem uma excelente qualidade e o número de alunos aumentasse significativamente. Concluir esse curso nos faz fechar 2012 com um sentimento de agradecimento. Todos esses alunos recebem o certificado com méritos”.

O curso começou em março de 2011 e teve o apoio acadêmico da Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (EJE/TSE) e do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB). Com aulas quinzenais, a especialização contou com 360 horas aula divididas em 3 semestres letivos. O corpo docente foi composto por professores ilustres, como os ministros Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Carlos Ayres Britto e outros.

Reportagem – Esther Caldas

Foto – Valter Zica
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF