A presidente da OAB-DF, Estefânia Viveiros, participa nesta terça-feira (21) da cerimônia de posse da nova diretoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O ministro Gilmar Mendes assume a presidência da casa. Além dele, tomam posse os ministros Marco Aurélio na vice–presidência e o ex-conselheiro da OAB-DF, José Gerardo Grossi como membro efetivo na vaga reservada aos advogados.   O ministro José Gerardo Grossi ocupava a vaga de membro substituto do Tribunal e será efetivado em função da saída do ex-ocupante do cargo, Luiz Carlos Madeira.   A sessão solene será no plenário do TSE, às 19h.   :: Perfil   Natural de Diamantino, no Mato Grosso, Gilmar Mendes é ministro do STF desde junho de 2002. Antes, atuou como procurador da República, subchefe para assuntos jurídicos da Casa Civil e advogado-geral da União (2000/2002). Graduado em Direito pela Universidade de Brasília, tornou-se mestre com a dissertação “Controle de Constitucionalidade: Aspectos Jurídicos e Políticos”, sob a orientação do ministro José Moreira Alves.   Carioca, 58 anos, Marco Aurélio é ministro do Supremo Tribunal Federal desde 1990. Atuou pela primeira vez no Tribunal Superior Eleitoral em 1991, como ministro substituto, chegando à presidência da Corte no período 1996/1997. Retornou à Corte como ministro substituto em agosto de 2003 e foi novamente empossado como ministro efetivo em março de 2005. Foi presidente do STF no biênio 2001/2003.   Mineiro de Abre Campo, o jurista Gerardo Grossi foi conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Distrito Federal. Graduado em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais, já atuou como ministro substituto do TSE no biênio 1994/1996. Reconduzido ao TSE como ministro substituto em março de 2002, foi nomeado para o cargo de ministro efetivo pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no dia 6 de fevereiro.