Irregularidades no exame de ordem serão debatidas no próximo domingo

O Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB se reunirá em Brasília, no próximo domingo (7), para discutir as medidas a serem adotadas depois das irregularidades ocorridas no exame de Ordem em Osasco, São Paulo, no último dia 28. Segundo o site da OAB Nacional, o presidente Ophir solicitou ao Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UNB) – órgão que, em parceria com a OAB, realiza o Exame de Ordem – a instauração imediata de sindicância para apuração interna da irregularidade relatada pela Comissão de Exame de Ordem da OAB de São Paulo, além da suspensão da correção e divulgação dos resultados dessa segunda fase do Exame.

O presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, encaminhou o caso à Política Federal. Confira o site da OAB Nacional:

http://www.oab.org.br/noticia.asp?id=19178