Brasília, 21/10/2013 – Os times do Japão e da Itália foram os campeões nas categorias master e livre, respectivamente, do 29º Campeonato de Futebol de Campo. A final do campeonato ocorreu na sede do Clube da OAB/DF, no último sábado (19), seguida de um churrasco em comemoração ao evento. Participaram do evento o vice-presidente da Seccional, Severino Cajazeiras, o secretário-geral adjunto Juliano Costa Couto, o diretor tesoureiro Antônio Alves, além de conselheiros seccionais. 

O tema do Campeonato em 2013 foi “Copa das Confederações”, com os participantes representando seleções de diferentes países. Seis times disputaram o torneio: Brasil, Espanha, Itália, Japão, Nigéria e Uruguai. As equipes foram formadas por advogados, estudantes de direito, estagiários e dependentes de advogado.

A final do Campeonato foi acirrada. A disputa só teve fim com os pênaltis. Japão e Uruguai disputaram a final pela categoria master. Japão foi o vitorioso por 4 x 3 contra o Uruguai. Na categoria livre, Itália e Uruguai disputaram a melhor colocação. Nos pênaltis, Itália venceu a Itália por 4 x 3. Em terceiro lugar, Espanha ganhou tanto na categoria master quanto na livre.

Henrique Celso Sousa Carvalho, capitão do time do Japão, considerou o campeonato de 2013 o mais bem organizado dos últimos anos. “A atual organização foi melhor, inclusive com relação ao número de advogados que participaram. Na minha equipe, cerca de 65% dos atletas em campo eram advogados”, comemorou. Carvalho ressaltou ainda a importância da atividade física no dia a dia. “Além de melhorar a disposição no trabalho,indubitavelmente, melhora a condição física”. Carvalho ainda elogiou o dirigente do time, Adéliton Rocha Malaquias.

final-futebol19-10-2013 498Na categoria master, Japão conquistou também o troféu de equipe mais disciplinada. O prêmio por melhor treinador foi conquistado peloo ex-conselheiro e ex-presidente do Clube dos Advogados Adéliton Malaquias. O prêmio de goleiro da rodada foi conquistado por Kenedy e do de artilheiro do master, por Cleber, que jogou pelo Uruguai.

Na categoria livre, Nigéria o troféu de equipe mais disciplinada ficou com a Nigéria. O melhor treinador foi Bruno e o melhor goleiro foi Juca. O título de melhor jogador ficou para André Luiz. Ainda na categoria livre, Paulo Machado recebeu o prêmio de melhor artilheiro.

O capitão do time da Itália, Márcio Flávio de Oliveira Souza (Pará), observou que a edição deste ano do campeonato foi uma das mais concorridas. “É a primeira vez que saímos campeões. Esse campeonato foi o mais concorrido dos últimos 10 anos. O time já estava reunido há três anos. Durante esse tempo, ganhamos em terceiro lugar por três vezes, mas este ano nos tornamos campeões, com o melhor goleiro e artilheiro do campeonato”.

As seleções da Seccional do DF confirmaram presença no XIV Campeonato Brasileiro de Futebol, que ocorrerá de 29/10 a 3/11, em Aracaju-SE. O coordenador-geral da delegação da OAB/DF, Fernando Augusto, disse que a equipe está comprometida em conquistar o primeiro lugar nas duas categorias. “É a primeira vez que montamos uma estrutura com técnico, auxiliar técnico, preparador físico, preparador de goleiros, massagista, fisioterapeuta, enfermeiro e roupeiro. Os jogadores estão empenhados para jogar com garra e trazer as vitórias”.

Reportagem – Tatielly Diniz
Foto – Valter Zica
Comunicação social – jornalismo
OAB/DF