Jornal Alô Brasília: Agnelo sanciona piso salarial do advogado

Da Redação

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, visita a sede da OAB/DF às 9 horas de hoje (06) para sancionar proposta aprovada pela Câmara Legislativa que cria o piso salarial do advogado empregado privado do DF.

O governador será recebido pelo presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, que comemora mais uma vitória desta gestão. “A partir de agora a advocacia brasiliense terá um valor mínimo assegurado para se proteger da degradação salarial imposta por alguns setores do mercado”.

A proposta estabelece um piso de R$ 1.500,00 mensais para uma jornada de 20 horas semanais, e R$ 2.100,00 mensais para a jornada de 40 horas semanais ao advogado empregado privado. Prevê ainda reajuste no mês de janeiro do ano subsequente, pela variação acumulada do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Francisco Caputo lembra que, pela primeira vez, a Ordem se preocupou com a fixação de um piso salarial, medida adotada por diversas categorias para proteger o trabalhador no exercício da profissão. “É claro que o valor ainda não é satisfatório, mas é o possível dentro de uma realidade de mercado que nós temos”, explicou.

Lista Sêxtupla – O Conselho Pleno da OAB/DF votou, em sessão extraordinária realizada na quinta-feira (02/02), a lista sêxtupla para o preenchimento da vaga de desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). Foram eleitos: Francisco José Campos Amaral,João Berchmans Correia Serra,Eliene Ferreira Bastos, Simone Costa Lucindo Ferreira,Vera Lucia Santana Araujo e Eduardo Lowenhaupt da Cunha.

Da lista o TJDFT escolherá três nomes que serão encaminhados à Presidência da República, responsável pela indicação do futuro desembargador.

Da redação do Alô


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: