Mais de 60% dos conselheiros federais da OAB votarão não no referendo

A ampla maioria dos conselheiros federais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) votará “não” no referendo sobre o desarmamento, que será realizado no próximo domingo (23) em todo o país. Entre os 70 conselheiros e dois membros honorários vitalícios da entidade que foram entrevistados, 62,86% afirmaram que votarão “não” à pergunta “O comércio de armas de fogo e munição deve ser proibido no Brasil?”

A pesquisa foi feita pelo secretário-geral adjunto do Conselho Federal da OAB, Ercílio Bezerra de Castro Filho, durante os dois dias de sessão plenária da entidade, realizada na sede do Conselho Federal da OAB, em Brasília. Entre os entrevistados, 27,15% dos conselheiros disseram que votarão “sim” ao desarmamento e 7,14% ainda estão em dúvida quanto ao que responderão nas urnas no próximo domingo. Do total entrevistado, 2,85% se manifestaram contrários à realização do referendo e não devem votar em seus Estados.

Fonte: Conselho Federal da OAB


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: