Nota à imprensa sobre a recente greve provocada pelo SINDECOF-DF

A OAB/DF esclarece que concedeu aumento a todos os funcionários: varia de 5% a 14%.

Um acordo em condições melhores aos funcionários do que o executado com base no ACT vinha sendo negociado desde fevereiro, mas não evoluiu por intransigência do Sindicato.

A greve, decidida em reunião por menos de 10% do número de funcionários da casa, foi ato quase que exclusivo da diretoria, sabidamente aparelhada pela oposição a essa gestão. Mais do que isso, trata-se da única greve durante o período da pandemia de que se tem notícia, aprovada mesmo depois que os funcionários recebem aumento salarial.

O ato acontece sem o apoio maciço do próprio corpo de colaboradores e no cenário em que milhares de advogadas e advogados precisam receber auxílio pecuniário e cestas básicas da Caixa de Assistência, em episódio difícil de se entender.

Confira o comunicado do ACT, divulgado pela OAB-DF no último 30 de abril

Diretoria OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: