A OAB/DF criará uma comissão extraordinária para tratar de escutas telefônicas nesta quinta-feira (10/6), durante a reunião do Pleno na instituição. Presidida por Alexandre Pitta, a Comissão contará com o apoio do deputado Gustavo Fruet (PSDB/PR).

Em visita na manhã desta quinta-feira ao deputado Fruet, na Câmara dos Deputados, o presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, e o presidente da Comissão, Alexandre Pitta, receberam o apoio do parlamentar que foi membro da CPI das Escutas Telefônicas na Câmara.

Segundo Caputo, o deputado Gustavo Fruet tem demonstrado a preocupação de normatizar de forma mais clara esse instrumento de investigação, para que os abusos sejam evitados.

O objetivo da comissão da OAB/DF será o de fazer estudos com base em Direito Comparado e sugerir um novo modelo de legislação.