Pedro Sangeon diz que foi agredido junto com dois amigos e levado para delegacia onde ficou nu e algemado por 4h. PM afirma que caso foi enquadrado como pichação; Polícia Civil apura

Pedro Sangeon, criador do personagem Gurulino, que estampa muros, casas e ruas de Brasília, denuncia ter sido vítima de violência policial na manhã de 28 de junho passado. O relato, feito pelas redes sociais do artista, foi postado nesta segunda-feira (31) e atingiu mais de 7 mil pessoas em apenas um dia.

– A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil no DF (OAB- DF) emitiu uma nota dizendo que vai acompanhar o caso envolvendo o artista Pedro Sangeon, “tomando as devidas providências junto as instituições envolvidas e em parceria com a Comissão de Arte e Cultura da OAB- DF”.

Reportagem publicada por G1 em 1º/09/20

Acesse aqui.