Presidente do TJDFT defende Exame de Ordem e quinto

O presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios TJDFT), desembargador Nívio Gonçalves, é a favor do Exame de Ordem e do sistema do quinto constitucional. O desembargador fez a defesa dos dois instrumentos em entrevista ao jornal Correio Braziliense, publicada neste domingo (4). “Eu acho que é necessário, sim, o Exame de Ordem, porque hoje existem muitas faculdades e com um número muito grande de advogados na sua maioria sem condições para o mercado profissional, infelizmente”, afirmou o magistrado. Gonçalves também disse ser favorável ao quinto constitucional: “Eu acho que soma experiência ao Tribunal, traz uma visão diferente para os juízes de carreira. É uma diversidade saudável”. O sistema permite que 20% das vagas dos tribunais brasileiros sejam preenchidas por membros do Ministério Público e por advogados. Apoio A presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, elogiou as declarações do desembargador. “Ele reconhece a luta da Ordem pela qualidade no ensino jurídico e apóia o cumprimento da lei”, disse Estefânia. Segundo a presidente, o Exame de Ordem é necessário para manter a qualidade do trabalho dos advogados. “Nossa preocupação é com o serviço oferecido à sociedade, é uma questão de Direitos Humanos”, afirma.

Estefânia também acredita que o quinto constitucional tem sido bem-sucedido. “Advogados e membros do Ministério Público oxigenam os tribunais, falar em extinção do quinto é um desserviço à Justiça e aos cidadãos.” Foto: Valter Zica


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: