Brasília, 30/01/2012 – Levado pela necessidade de oferecer um atendimento mais ágil, aliado a um padrão de economia, eficiência e transparência, o procurador geral do Distrito Federal, Rogério Marinho Leite Chaves, revolucionou o serviço de fornecimento de pareceres. Em vez da solicitação de pesquisa na biblioteca, cujo retorno demorava em média dez dias, agora o advogado pode fazer busca por conta própria no site da instituição e obter o parecer instantaneamente pela internet, sem custos.

Conforme o procurador, esse serviço faz toda a diferença para os advogados que precisam de informações no cotidiano. “Tivemos um grande ganho em termos de agilidade e eficiência”, afirmou. O próximo passo será a informatização total do órgão para possibilitar a digitalização dos autos suplementares.

Para este ano, Chaves tem como meta construir a nova sede da Procuradoria. “Nas atuais instalações faltam espaços para que procuradores e servidores possam desempenhar adequadamente suas atividades”, reconhece. No entanto, acredita que com empenho e dedicação a instituição poderá obter ótimos resultados até o final deste governo.

Reportagem – Helena Cirineu com Maquina Public Relations
Comunicação Social – Jornalismo
AOB/DF