Brasília, 28/5/2013 – A Subseção de Samambaia criou o projeto “OAB/DF Contra o Crack” com o objetivo de auxiliar familiares e dependentes a buscarem ajuda em casas de assistência. Apoiada pela OAB/DF, a Comissão do Advogado Iniciante em Samambaia está à frente da iniciativa.

Coordenador do projeto, o presidente da Comissão Gustavo Costa Bueno disse que o aumento do número de dependentes químicos no Distrito Federal, principalmente viciados em crack, acontece devido ao baixo custo da droga. Com isso, a Comissão começou a planejar ações voltadas para a reinserção dessas pessoas na sociedade. “Firmamos parceria com a casa de recuperação El Shadai, localizada em Santo Antônio do Descoberto, para o encaminhamento dos dependentes que nos procuram voluntariamente. A internação não gera custos, uma vez que a entidade é ligada a segmentos religiosos”.

O projeto teve início há um mês e já encaminhou alguns dependentes para a casa. “Um dos deveres da advocacia é atuar em prol da sociedade. A dependência de drogas é um problema chave hoje em dia”. Gustavo Bueno disse que o próximo passo é firmar parceria com um centro de recuperação feminino, pois existem poucos especializados nessa área.

Pessoas interessadas podem entrar em contato com a Subseção de Samambaia pelo telefone: (61) 3358 0839.

Reportagem – Tatielly Diniz
Foto – Valter Zica
Comunicação social – jornalismo
OAB/DF