Seccional entra em campanha pelo fim da violência

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) lançou na manhã desta terça-feira (29), em parceria com outras entidades da sociedade civil e órgãos públicos, o Movimento Brasil Contra a Violência. Em discurso, a presidente da Seccional do Distrito Federal da OAB, Estefânia Viveiros, defendeu a importância de uma cultura de paz e cidadania no país. “Estamos todos unidos com um objetivo único, em um assunto que não há nenhum tipo de divergência”, afirmou. “Temos que buscar esse combate para que possamos ter no futuro próximo um Brasil com menos violência ou até sem violência”, completou. O movimento foi declarado aberto pelo presidente nacional da OAB, Cezar Britto. O evento marcou os trabalhos do Fórum pela Superação da Violência e Promoção da Cultura da Paz, promovido pela OAB, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Associação dos Juízes Federais (Ajufe) e outras entidades. Segundo Britto, a campanha busca desenvolver medidas com foco na redução da violência, além de tentar uma mudança de paradigmas na segurança pública. “Ao final de setembro todos nós queremos estar aqui assinando um termo de cooperação permanente dos cidadãos brasileiros para o combate à violência em todos os recantos deste país”, afirmou. O ministro da Justiça, Tarso Genro, e o secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Dimas Lara Barbosa, defenderam a importância do envolvimento da cidadania nos programas de combate à violência. Tarso destacou que o governo se prepara para lançar, em 2009, a 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública, na qual pretende um engajamento efetivo da sociedade brasileira. Dom Dimas também adiantou que a campanha da fraternidade do próximo ano terá como tema Fraternidade e Segurança Pública. “A raiz da violência, do crime, está na falta de políticas preventivas”, disse o ministro. Ainda integraram a mesa de lançamento da campanha o presidente da Ajufe, Walter Nunes, o secretário-executivo da Comissão Brasileira Justiça e Paz, Carlos Moura, e o ministro substituto da Advocacia Geral da União (AGU), Evandro Costa Gama. Além do vice-presidente nacional da OAB, Vladimir Rossi Lourenço, do vice-presidente do Tribunal de Justiça do DF, desembargador Romão Cícero de Oliveira, e do coordenador do Fórum no Conselho Federal da OAB, o advogado José Augusto Lopes Sobrinho. Entre os membros da OAB/DF presentes na solenidade estavam o vice-presidente interino, Ibaneis Rocha, o presidente da Comissão de Direitos Humanos, Jomar Alves Moreno, e os conselheiros federais Esdras Dantas e Roberto Caldas. O lançamento da campanha Brasil Contra a Violência ocorreu simultaneamente nas 27 Seccionais da OAB. Representantes da OAB/DF defendem o movimento para acabar com a violência (Foto: Valter Zica)


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: