Casos Isabella e Hakani em discussão na OAB/DF

O caso Isabella Nardoni e a tentativa de infanticídio contra a índia Hakani estão entre os assuntos que serão discutidos na Palestra Grandes Autores nesta segunda-feira (26). O procurador regional da República, Paulo Queiroz, abordará os casos sob a ótica da Filosofia e do Direito para falar sobre a crítica da razão punitiva. O evento será às 19h, no auditório da OAB/DF. Queiroz também abordará abolicionismo penal e alguns casos de prostituição. Os interessados devem se inscrever no site da OAB/DF e levar um litro de leite em caixa (longa vida) no dia da palestra. Os participantes receberão certificados, com 4 horas/aula. Mais informações pelos telefones 3035.7245 e 3035.7244 ou pelo email: [email protected] Histórico Isabella Nardoni, de 5 anos, foi jogada do sexto andar de um prédio em São Paulo. Os principais suspeitos são o pai, Alexandre Nardoni, e a madrasta, Ana Carolina Jatobá, que estão presos e aguardam julgamento. A índia Hakani, 13 anos, sobreviveu à tentativa de infanticídio em sua tribo Suruarrá, que vive semi-isolada no sul do Amazonas. Hakani, que tem hipotireoidismo, foi condenada à morte em sua tribo por não se desenvolver rapidamente. Quando a enterraram viva, o irmão a salvou. Tempo depois, Hakani foi adotada por um casal de missionários que estava na tribo. Hoje, ela vive em Brasília.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: