Brasília, 28/8/2013 – O secretário-geral adjunto da OAB/DF, Juliano Costa Couto, e o presidente do Tribunal de Ética e Disciplica (TED) da Seccional, Erik Bezerra, participaram do II Encontro de Corregedores da OAB e do VI Encontro de Presidentes dos Tribunais de Ética e Disciplina, respectivamente, na terça-feira (27), na sede do Conselho Federal da OAB.

Juliano Costa Couto registrou que a troca de experiências e a interseção entre as seccionais é imprescindível para o melhor desenvolvimento dos serviços das OAB’s. “Ouvir os casos de sucesso e de êxito de outros estados é primordial para o melhor atendimento aos advogados. Ainda que vivenciemos realidades distintas, os problemas costumam ser os mesmos. Com isso, podemos aprender e replicar no DF as medidas já executadas em outras seccionais”.

Costa Couto afirmou ainda que a Corregedoria, instalada esse ano na Seccional, terá como prioridade garantir que os processos e procedimentos estejam em conformidade com as normas e prazos aplicáveis.

cdoab1O presidente do TED da OAB/DF disse que uma das metas defendidas no encontro é julgar até o dia 31 de julho de 2014 todos todos os processos instaurados até dezembro de 2009. Érik Bezerra também defendeu a suspensão preventiva de advogados que tenham suplementar na Seccional. “Eles vão passar a adotar isso para que o CFOAB peça uma alteração legislativa”, disse.

 Outro caso defendido foi a questão do combate à captação ilegal de clientes. Segundo o presidente do TED, serão editadas normas para que a captação eletrônica também seja alvo de processos éticos. Outra questão, muito problemática e que foi discutida, é a demora, por muito tempo, dos relatórios e julgamentos de processos, tanto no TED quanto no Conselho Seccional, problema vivenciado por diversas seccionais.  

 Reportagem – Tatielly Diniz
 Foto – Eugênio Novaes
 Comunicação social – jornalismo
 OAB/DF