Brasília, 20/1/2014 – A Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da OAB do Distrito Federal protocolou, nesta terça-feira (20), pedido de abertura de inquérito preliminar para averiguar denúncias de maus tratos contra animais na Fundação Jardim Zoológico de Brasília (FJZB). O pedido foi protocolizado na 4ª Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e Patrimônio Cultural do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).

A presidente da Comissão dos Direitos dos Animais, Beatriz Bartoly, disse que as denúncias são sobre possíveis maus tratos aos animais, mas também a respeito de outras irregularidades sobre o funcionamento do jardim zoológico.

“As denúncias apontam o uso de medicamentos vencidos, leite empedrado e também vencido, além de questões relativas aos trabalhadores. Todas as irregularidades dizem respeito ao hospital veterinário”, afirmou.

As denúncias chegaram ao conhecimento da Seccional após ser noticiado na mídia o caso do elefante Chocolate que apresenta ferida nas costas, causada pelo forte calor que acomete Brasília nos últimos dias. As denúncias apontam descaso da direção do Zoo em relação ao ferimento do animal.

A Seccional da OAB vai acompanhar o desdobramento do caso e irá esperar o posicionamento do Ministério Público. “Defendemos não apenas a dignidade dos animais, mas acima de tudo a dignidade da vida, em todas as suas formas”, disse Beatriz.

Comunicação social – jornalismo
OAB/DF