José Antonio Dias Toffoli é o mais novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele foi empossado nesta sexta-feira (23) na vaga deixada pelo ministro Carlos Alberto Menezes Direito, falecido em 1º de setembro passado. A solenidade de posse foi presidida pelo presidente do STF, ministro Gilmar Mendes.

Quase mil convidados assistiram à cerimônia. A presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, e o presidente do Conselho Federal da Ordem, Cezar Britto, prestigiaram a posse. Toffoli era o advogado-geral da União até ser escolhido para a vaga. “Ele tem toda a capacidade técnica e intelectual para exercer o cargo de ministro”, diz Estefânia. Entre as autoridades presentes na solenidade estavam o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva; o vice-presidente, José Alencar; a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff; os presidentes do Senado, José Sarney (PMDB/AP), e da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB/SP); governadores de diversos Estados, como José Serra, de São Paulo; e os presidentes dos tribunais superiores. Depois de empossado, Toffoli disse que vai trabalhar, baseado na Constituição Federal, sempre em defesa dos elementos essenciais para uma pessoa, como a vida, a liberdade e o patrimônio. “Cada processo a ser julgado contém um desses três elementos essenciais de cada indivíduo, de cada cidadão, de cada ser humano”, afirmou.

Com informações do STF