No campo da surdez há os surdos sinalizantes, que têm a língua de sinais como sua primeira língua; os oralizados, que têm a língua portuguesa como primária para a interlocução; os implantados, que possuem implante coclear, e ainda os surdocegos, entre outros.

A fim de abordar as implicações educacionais dos surdos no Brasil, a Comissão de Educação da OAB/DF realizará seminário, no dia 24 de abril, no auditório térreo da Seccional, com o objetivo de dar visibilidade à causa das pessoas surdas, com deficiência auditiva e dos surdocegos.

Luis Claudio Megiorin, presidente da Comissão de Educação da OAB/DF, conta que o evento “pretende fomentar o diálogo entre os surdos, as pessoas com deficiência auditiva e os surdocegos, a sociedade, as instituições de ensino e o governo, a fim de que vençamos os desafios para a formação educacional dos surdos no Brasil”.

Serviço:

Seminário Desafios Para Formação Educacional dos Surdos no Brasil

Data: 24 de abril

Horário: 8h

Local: Auditório Térreo da OAB/DF (SEPN 516, Bloco B, Lote 7 – Brasília/DF)

Inscrições gratuitas aqui