OAB/DF cobra providências após mortes na Papuda

Após a notícia da morte de dois detentos, em menos de 24 horas, no Complexo Penitenciário da Papuda, a Seccional da OAB do Distrito Federal oficiou, nesta quinta-feira (4), cobrando providências e explicações do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg; da Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal (SESIPE); do secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Edval de Oliveira Novaes Júnior e do diretor do Centro de Detenção Provisória (CDP), José Mundim Júnior.

Em ofício encaminhado às autoridades, o presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto, pediu informações sobre a atual estrutura de atendimento médico oferecido aos internos, bem como o número de internos que faleceram em 2017. “É obrigação do Estado prover a segurança e a saúde dos cidadãos. Nossa missão vai além de garantir o cumprimento das prerrogativas dos advogados, defendemos também os interesses da sociedade”, afirmou.

Segundo as autoridades locais, os detentos passaram mal dentro de suas celas e foram atendidos por equipes médicas, mas não resistiram. As identidades dos presos não foram divulgadas.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: