Brasília, 12/06/2015 – Ao comparecer à sessão plenária do Conselho Seccional da OAB/DF nesta quinta-feira (11), o novo desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT), Josaphá Francisco dos Santos, assumiu o compromisso de não vilipendiar, em seus julgados, os honorários sucumbenciais devidos aos advogados. “Não me parece justo que um advogado, após anos de trabalho em um processo envolvendo valores vultosos, recebam honorários irrisórios”, disse ele, lembrando sua própria origem na advocacia e experiência nesse tipo de assunto.

Josaphá aproveitou para convidar os conselheiros para a solenidade na qual será formalmente empossado como desembargador do TJDFT marcada para o próximo dia 25. Ao saudá-lo, o presidente da OAB/DF, Ibaneis Rocha, lembrou o fato de ele ter sido eleito para a vaga destinada ao Quinto Constitucional da advocacia pelo sistema de consulta direta à classe promovida pela Seccional em outubro do ano passado. “Vossa Excelência chega ao Tribunal com o reconhecimento de toda a classe”, disse. “O mínimo que podemos esperar é o reconhecimento da nossa luta, que não obstante o que já foi contemplado pelo novo Código de Processo Civil, ainda tem um longo caminho a percorrer com relação aos honorários advocatícios. Ser justo com os honorários significa dignificar a defesa”.

Em nome do plenário, a conselheira Indira Quaresma saudou o desembargador afirmando ser convicção, de todos os presentes, que no cargo Josaphá irá honrar a origem na advocacia: “Temos certeza que as nossas prerrogativas serão respeitadas integralmente e que seu gabinete terá sempre as portas abertas para os advogados”, afirmou. “Desejamos que Vossa Excelência faça diferença no Tribunal”.

Comunicação social – jornalismo
OAB/DF