O Instituto dos Advogados do Distrito Federal (IADF) realizou, na noite desta terça-feira (15), no auditório da OAB/DF, sessão especial de homenagem póstuma ao casal de advogados José Guilherme Villela e Maria Carvalho Mendes Villela, brutalmente assassinados em 31 de agosto, em Brasília. O confrade Pedro Gordilho, membro fundador do instituto, foi o orador oficial da cerimônia. O conselheiro seccional Leon Frejda Szklarowsky, também diretor do IADF, representou a Ordem na solenidade. Pedro Gordilho destacou em discurso o profissionalismo de José Guilherme Villela. “Ele foi uma luz, um norte, um modelo a sinalizar para uma geração de novos advogados”, afirmou. O orador também falou sobre o casamento de José Guilherme e Maria Carvalho Villela. “Os dois viveram a mais bela história de amor que eu pude testemunhar”, disse. Ao final da sessão, o presidente do IADF, Luiz Antonio Guerra, entregou aos filhos e à neta do casal – Adriana, Augusto e Carolina, respectivamente – uma placa em memória aos advogados. Compareceram à sessão diversas autoridades do meio jurídico, como o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Sepúlveda Pertence, o desembargador Estevam Maia, o ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça Luiz Carlos Fontes de Alencar e a ministra do Tribunal Superior do Trabalho Maria Cristina Peduzzi, além de diretores e confrades do IADF.

Pedro Gordilho, Carolina e Adriana (Da esquerda para direita)