Brasília, 26/08/2011 – Na tarde de sexta-feira (26/08), segundo dia do Encontro da Advocacia Jovem do DF, foram oferecidas oficinas com temas variados sobre o exercício profissional. Cada participante pôde escolher duas dentre as oito opções que aconteceram nas salas de aula da ESA.

Os temas da primeira parte foram: Prerrogativas da Advocacia, Advocacia nos Tribunais Superiores, Oratória e Relação com Clientes.

Na oficina de prerrogativas, os palestrantes foram o presidente da comissão da OAB/DF que trata do tema, Sandoval Curado Jaime, e o vice, Frederico Donati Barbosa. A abordagem enfatizou a discussão sobre o desconhecimento do Estatuto da Advocacia, tanto por parte de advogados quanto de secretarias de tribunais e instâncias administrativas. “Não podemos confundir prerrogativas com privilégios. Muitas das queixas dos advogados nem precisariam chegar à nossa comissão se aliarmos o conhecimento da legislação ao bom senso”, ressaltou Sandoval.

Uma das participantes, Kely Priscilla Feitas Brasil, advogada com pouco mais de três anos de exercício, escolheu o tema Advocacia nos Tribunais Superiores. “Essa área de atuação requer aperfeiçoamento”, disse antes do início da exposição. Concluída a oficina, fez avaliação positiva. “Foi bastante proveitosa a abordagem sobre os aspectos práticos. Achei interessante, especialmente o tópico sobre memoriais, que esclareceu sobre o cabimento e a forma como devem ser feitos. Estou feliz com a escolha”.

Reportagem – Demétrius Crispim Ferreira

Foto – Valter Zica
Coordenação de Comunicação – Jornalismo
OAB/DF